CLASSES SOCIAIS

Nobreza

Sua vida sustenta uma dignidade simbólica, a idéia de superioridade proporcionada por Deus, de onde deriva sua força social e política. São os conquistadores e descobridores; os membros administrativos, empregados do Vice-Reino, descendentes de títulos castelhanos; os industriais ricos que obtinham, a alto custo, o pergaminho real. Em Nova Castela há cerca de 100 títulos de nobreza, de Duque a Visconde, sem contar os fidalgos e cavaleiros destacados.

Vecinos

Título outorgado pelos Cabildos àqueles que cumprem a tarefa de levantar uma aldeia e aos conquistadores mais influentes. Classe muito estimada pelo governo, composta na maioria por senhores de terras.

Clero

Não chega a ser uma classe, mas uma força. O clero se apóia na representação divina e seus direitos são invioláveis. São os principais conselheiros dos governantes. Dirigem nos colégios a mentalidade dos futuros súditos. Sua principal função na colônia é organizar o trabalho de catequese, garantir que as decisões dos governantes estejam de acordo com seus interesses e que a sua religião seja a única existente. Muitos ainda seguem os princípios básicos da Igreja, mantendo sua fidelidade exclusiva a Deus. Porém, estes se mantém longe das tramas políticas do governo. Fiéis ao ideal de sacrifício e solidariedade aos oprimidos e necessitados, se enfurnam nas comunidades indígenas e se distanciam cada vez mais das grandes cidades, da sede da Igreja e do centro de decisões.

Burocratas e Grandes Comerciantes

São aqueles que participam da vida pública do Vice-Reino. Funcionários de Audiência, Corregedorias e Cabildos. Entre eles é comum haver nobres e vecinos.

Classe Média

São os responsáveis pelo cotidiano da colônia. Taverneiros, pequenos comerciantes, médicos, advogados, professores, vendedores, mascates, artesãos, lavradores, subalternos da administração pública.

A Plebe

Homens livres, tributários, que vivem em escuras pocilgas, nos callejones das grandes cidades. Constituída também por humildes aventureiros e degredados da Metrópole.

O Índio

O grande tributário, a besta de carga, o músculo da riqueza colonial. Trabalham, principalmente, nos campos e nas minas.

Escravos Negros

Realizam trabalhos domésticos nas cidades e nos campos. Praticamente limitados à costa.

Published in: on 12 de março de 2010 at 1:02  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://cheibub.wordpress.com/2010/03/12/classes-sociais/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] Capítulo 3 – CLASSES SOCIAIS […]

  2. […] CLASSES SOCIAIS […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: