12ª Sessão – Chulla Chaqui

♠ 7 de agosto de 1650 – viagem

Eles partem de manhã bem cedinho. A viagem até San José dura todo o dia. Eles chegam no final da tarde, mas decidem acampar fora da cidade, perto do cemitério.

Montenegro sofre com a viagem, pois está sem botas.

Durante a noite, Naomí faz “Visão Astral” e vê vários espíritos rondando o grupo entre os túmulos. Alguns temem ser mais uma obra do demo. Apesar disso, a noite passa sem nenhum incidente.

♠ 8 de agosto – San José

Logo nos primeiros raios de sol, Chulla Chaqui entra na vila e o grupo entra logo atrás. A primeira coisa que Kunta faz é lançar uma bola de fogo no meio da rua, na frente de todos.

A batalha que se segue é muito árdua, pois, além de tudo, Chulla Chaqui detecta magia, tem “Visão Noturna”, pressente “Viagem Astral” e é imune à magia de influência.

Depois de uma feroz batalha, Tiza consegue cortar-lhe a cabeça. Depois de morto, o corpo de Chulla Chaqui se desfaz.

Assim que o Chulla Chaqui morre, o Diabo aparece. Mas não é obra dele, ele apenas diz que não está precisando fazer nada para se divertir. Que a escolha do grupo se mostra cada vez mais uma grande sorte para ele.

Com a confusão e a denúncia de magia, parte do grupo é presa pela guarda. O resto, que ficou escondido, se movimenta para libertá-los. À caminho da prisão, alguém faz a ilusão de uma criatura no meio da rua, o próprio Chulla Chaqui. Com a nova confusão, conseguem fugir.

Uma vez devidamente escondidos, partem rumo a San Joaquim, que se encontra a mais de um dia de viagem.

♠ 9 de agosto – viagem

Após um dia de caminhada, chegam a San Joaquim.

♠ 10 de agosto – San Joaquim

Eles chegam na cidade com fome e bastante acabados. Naomí e Nahuapy se disfarçam e roubam armas, coletes de couro e comida. Perto do meio-dia, chega um soldado à cavalo. Ele trás a notícia de um grupo de prisioneiros lusitanos fugitivos e perigosos, que usam magia.

Eles dormem fora da cidade e conseguem fazer parte de uma caravana que vai à Ciudad Real. Antes disso, conseguem mudar o visual.

Parte do grupo decide seguir à distância para não chamar a atenção (os NPCs).

♠ 11 a 20 de agosto – caravana

A região é bastante árida, com pouca água e vegetação.

Em meio à viagem, Naomí tem que dar de oferenda olhos de urubu. Ela tira os olhos e Tiza come o urubu. A fome é negra, e eles realmente parecem mendigos.

Ocaã sofre o ataque de Carisiri, espírito que retira a gordura da pessoa numa cirurgia indolor e invisível. É moral. Porém, com constantes doses de “Cura”, Ocaã é mantido vivo, mas nunca é curado. Com isso, eles decidem ir para uma missão próxima à Ciudad Real.

Passam a noite lá e decidem deixar o índio aos cuidados dos jesuítas. Aruana lamenta deixar o amigo, mas sabe que é o melhor pra ele. Pensa até mesmo voltar para busca-lo algum dia.

The URI to TrackBack this entry is: https://cheibub.wordpress.com/2016/03/10/12a-sessao-chulla-chaqui/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] 12ª Sessão – Chulla Chaqui […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: