10ª à 14ª Sessão (anotações de jogo)

10ª Sessão – Grande Lago

♦ 8 de maio de 1652

Partida para o Grande Lago. Condor segue.

[Nota do Mestre: lembro-me de ter usado um condor mítico, ligado aos condores do Ninho de Deus, uma espécie de consciência da natureza. Pode ser que nesta anotação já fosse ele, mas também poderia ser um condor com elo mental para observar o grupo ou algo parecido.]

♦ 9 de maio

Controle do condor. Tinajani. Possessões de Rocha e Nahuapy. Anjo.

[N. do M.: não lembro o lance do condor, mas Tinajani é um lugar de formações rochosas no Peru que é chamado de algo como “a banheira do diabo”. Adaptei a lenda pra um sítio com forte presença demoníaca. Daí as possessões e a necessidade de evocar um anjo.]

♦ 10 de maio

Chullpas. Bracelete com a Naomi. Noite, múmia e cristal. Sumiço de Paulo.;

[N. do M.: chullpas são torres funerárias dos aymarás, que habitam a região em torno do Titicaca. O lance do bracelete, da múmia e do cristal, assim como o sumiço do Paulo, foi inspirado no livro As Sete Bolas de Cristal, das Aventuras de Tintim. Não me lembro se induzi Naomi a pegar o bracelete de uma múmia ou se o fato dela ter pego me fez lembrar da história. O que eu certamente não esperava é que Naomi fosse entram em forma astral numa torre funerária. Foi uma sessão bem psicodélica que, infelizmente, não ficou anotada.]

♦ 11 de maio

Volta às chullpas. Encontro astral de Aylla.

♦ 12 de maio

Chegam ao Grande Lago. Pegam informações. Seguem pela margem

♦ 13 de maio

Papo com os Uros.

♦ 14 de maio

Compram a balsa. Ilha do Sol. Encontro com o sacerdote. Adivinhação de Naomi.

♦ 15 de maio

Viagem à Copacabana.

♦ 16 de maio

Ida ao templo.

♦ 17 de maio

Reconhecimento aéreo.

♦ 18 de maio

Reconhecimento marítimo.

◊ ◊ ◊

11ª Sessão – Cidade Submersa

♦ 18 de maio de 1652

Reconhecimento marinho. Cidade submersa. Buraco no templo, tartarugas gigantes, cordões, espada, ouro. Túnel.

[Nota do Mestre: não sei de onde tirei a ideia de uma cidade submersa no Grande Lago, talvez de algum episódio de Jacques Cousteau. “Cordões, espada, ouro” provavelmente é o que o grupo conseguiu pra si.]

♦ 19 de maio

Nahuapy chega.

[N. do M.: de onde? Teia encontrado Hernandez? Não sei.]

♦ 20 a 23 de maio

Viagem a Tiahuanaco.

♦ 24 e 25 de maio.

Gelo e nevasca.

[N. do M.: certamente era o grupo atravessando as cordilheiras.]

♦ 26 de maio

Guaco desaparece. Chegada ao vale.

[N. do M.: não me lembro de quem era Guaco, mas possivelmente tratava-se de um guia illimani proporcionado pelos sacerdotes.]

♦ 27 de maio

Partida para pegar Luna.

♦ 28 de maio a 30 de junho

Nenhuma anotação.

♦ 1º de julho

Gravidez de Naomi.

[N. do M.: acredito que o grupo, ou parte dele, tenha voltado para buscar Luna e Richard. O vale em questão pode ser o Vale Sagrado, mas também pode ser o local escondido onde fica Paititi e eu registrei apenas como “vale”. Isso se encaixa com o guia misterioso e a ida pra pegar Luna.]

◊ ◊ ◊

12ª Sessão – De volta à Cidade Sagrada

♦ 1º de julho de 1652 (continuação)

Volta ao vale.

♦ 2 de julho a 6 de outubro

Nenhuma anotação.

[Nota do Mestre: certamente o grupo decidiu partir rumo à aldeia de origem de Nahuapy, onde Naomi também passou sua adolescência. Acredito que Rocha e Aruana, apesar de estarem preocupados com Hernandez, não se entusiasmaram tanto pela agenda dos sacerdotes do sol a ponto de abdicarem totalmente de seus planos anteriores. E como eles já estavam com destino certo, Rocha e Aruana devem ter pedido, como condição, voltarem antes à Cidade Sagrada.]

♦ 7 de outubro

Chegada à terra de Nahuapy. Aruana reconhece o lugar. Matam um urso.

[N. do M.: Nahuapy é uma chiquitana, da tribo dos Chiquitos (no mundo real, índios bolivianos da região de Santa Cruz).]

♦ 8 a 10 de outubro

Entram na caverna que leva à Cidade Sagrada e seguem adiante.

♦ 11 de outubro

Descem o rio que deságua em uma cachoeira na Cidade Sagrada.

♦ 12 a 14 de outubro

Na Cidade Sagrada.

[N. do M.: certamente encontraram Huarí já como sacerdote jaguar. Mas não lembro o que aconteceu.]

♦ 15 a 17 de outubro

Caminho de volta da caverna.

♦ 18 a 20 de outubro

Ida à tribo de Nahuapy.

♦ 21 a 25 de outubro

Estada na aldeia.

♦ 26 de outubro

Casamento de Naomi.

♦ 27 de outubro a 3 de novembro

Viagem de volta ao vale.

◊ ◊ ◊

13ª Sessão – Paititi

♦ 4 a 10 de novembro de 1652

Paititi. Uma semana na cidade.

[N. do M.: caso eles já não tenham passado por Paititi, aqui eles devem ter encontrado Hernandez e recebido a proposta de liderarem uma revolta na colônia. Caso eles tenham passado, retornaram para planejar melhor, inteirar-se mais sobre as questões illimanis e sobre a região. Ou talvez a proposta tenha sido feita na Ilha do Sol, mas sem se aprofundar muito. Uma resposta positiva talvez fosse a senha para o acesso a Paititi.]

♦ 11 de novembro

Saída de Paititi.

♦ 12 a 17 de novembro

Viagem ao Grande Lago.

♦ 18 de novembro

Chegam ao Titicaca.

[N. do M.: por ter anotado “Titicaca” e não “Grande Lago”, é possível que aqui já tenha começado a preferir o mapa real do Peru ao mapa fictício da Terra de Santa Cruz. Eventualmente passei a utilizá-lo. Só não tinha como chamar Alcazar de Lima, pois eles já tinham tido uma passagem importante pela cidade.]

♦ 19 a 24 de novembro

Viagem.

♦ 25 de novembro

Chegam a Huamanga.

♦ 26 de novembro a 4 de dezembro

Viagem.

♦ 5 de dezembro a 13 de dezembro

Chegada na região de Arequia e viagem.

♦ 14 de dezembro

Chegada em Arequipa. Capitão Antônio de Eranzo. Incidente na taverna.

[N. do M.: beberrão, Capitão Antônio se meteu numa briga feia e foi preso.]

♦ 15 de dezembro

Feira. Templo das Neves. Mina clandestina. Revelação do capitão.

[N. do M.: não sei o que ocorreu na mina e no templo, só sei que ele fica no sopé do vulcão que domina a cidade. O Capitão Antônio, para se livrar de uma condenação, revela que é uma mulher e sua pena é comutada para a reclusão em convento de freiras.]

◊ ◊ ◊

14ª Sessão – Arequipa

♦ 15 de dezembro de 1652 (continuação)

À noite voltam ao albergue.

♦ 16 de dezembro

Tendresse entra pro convento. Rocha encontra suspeito. Roche se transforma em Coruja.

[N. do M.: Tendresse foi pro conventro atrás de Antônio/Catarina. Creio que Rocha investigava algo relacionado à mina clandestina.]

♦ 17 de dezembro

Naomi entre os negros. Conversa com Pedro. Encontro com Francisco. Nahuapy se transforma em coruja. Tendresse encontra o capitão. Bar.

[N. do M.: não sei quem é Pedro.]

♦ 18 de dezembro

Ida ao templo. Invadem a casa, “Aura”. Roubo da cela. Fuga do capitão.

[N. do M.: creio que tenha alguma coisa a ver com o que estavam investigando.]

♦ 19 a 20 de dezembro

Tendresse enrolando no convento pra não levantar suspeitas. Partida.

[N. do M.: os eventos em Arequipa já dizem respeito ao 3º capítulo, mas como vieram imediatamente na sequência de Paititi, ficaram neste capítulo.]

FIM DO CAPITULO 2

The URI to TrackBack this entry is: https://cheibub.wordpress.com/2016/04/02/10a-a-13a-sessao-anotacoes-de-jogo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] 10ª à 14ª Sessão (anotações de jogo) […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: