35ª a 37ª Sessão – Guerra Total (anotações de jogo)

Nota do Mestre: depois de uma bem sucedida aventura tradicional, tentei retomar a guerra, que não dava pra deixar de lado. Tentei avançar, tentei particularizar, nada parecia funcionar.

◊ ◊ ◊

35ª Sessão – Cerco a Huanuco

♦ 31 de outubro de 1654

Festa do interior. Tito e Ilya ficam juntos.

Decidem atacar Huanuco.

♦ 1º a 5 de novembro

Viagem a Huanuco. 150 pessoas. Sobrevoam a cidade.

♦ 6 de novembro

Nahuapy vai procurar o enviado.

♦ 7 de novembro

Nahuapy em Huanuco.

♦ 8 de novembro

Garoto dá a dica a Nahuapy, que encontra o enviado.

♦ 9 a 10 de novembro

Espera. Enviado deixa os illimanis de sobreaviso.

♦ 11 de novembro

Nahuapy volta a falar com o enviado

♦ 12 de novembro

Ataque às minas pela manhã. Ataque às vilas à tarde.

Grupo do Pierre: 151. 9 mortos.

Grupo do Kalunga: 135. 7 mortos.

Grupo da Naomi: 131. 8 mortos.

Grupo da Ilya: 166. Nenhuma perda.

Grupo do Tito: 140. 6 mortos.

Grupo do Rocha: 205. 16 mortos.

Ao grupo de 150 havia se somado 928 locais. Com 46 mortos, permaneceram 1032.

◊ ◊ ◊

36ª Sessão – Ataque a Huanuco e a Cerro de Pasco

Anotações preliminares:

Grupo original: 104.

Novatos: 928.

Ficaram na fortaleza: 58.

Outras Fortalezas:

Sul – triângulo entre Arequipa, Potosí e Moquegua: 650. Líder bandoleiro.

Centro – entre Oropesa e Junín: 367. Ayla.

Ayacucho – entre Ayacucho e Abancay: 641. Líder bandoleiro.

Vale Sagrado – entre Vilcabamba e Ollantaytambo: 631. Enviado.

Costa – cavernas de Paracas: 115.

Cuélap: 199. Líder Maurice.

Anotações prévias para a sessão:

Índios próximos: Ashanincas, Shipibos (próximos à fortaleza).

Amaro: montanha nevadas.

Chuquichinchay: altas montanhas.

Guestia ou Huaychau.

Lembrar do Ucumari. Vampiros. Chavín.

Tio atrás dos irmãos.

Um homem escapou do cerco e foi pra Cerro de Pasco.

As outras fortalezas estão precisando agir.

[Nota do Mestre: nenhuma dessas lendas foi utilizada.]

♦ 12 de novembro de 1654 (continuação)

Os revoltosos cercam Huanuco: Gru, Rocha, Kalunga, Naomi, Paulo, Alcazar, Navalha, Gomez + 40 miguelitos.

Ataque à casa da guarda.

Pierre, Naomi, Paulo e Kalunga pegam o prefeito.

8 rebeldes mortos.

14 guardas mortos.

1646 índios e mestiços se juntam aos rebeldes.

♦ 13 de novembro

Manco segue pra segunda fortaleza com 500 homens.

Pablo e Juanito seguem com 500 pra Cuélap.

Atacam a quarta vila de Huanuco. 108 pessoas se juntam a eles.

Partem pra Cerro de Pasco.

No caminho passam por 10 vilas. Grupo se divide. 200 vão pras vilas.

Total de 1374 homens.

♦ 14 de novembro

Viagem. Rocha vai se encontrar com Ayla.

♦ 15 de novembro.

Chegada a Cerro de Pasco. Encontram um grupo de 100 soldados.

Perdem 90 rebeldes.

Ilya faz reconhecimento. Ataque a Cerro.

Naomi e Nahuapy tentam pegar o prefeito.

Paulo lidera 100 homens à Casa da Guarda.

Kalunga e Pierre lideram 300 homens às minas. Dividiu em 7 grupos.

Ilya sobrevoa.

Naomi e Nahuapy se disfarçam de guardas e descobrem os planos de defesa. Nahuapy vai com o prefeito pra Casa de Guarda. Paulo é surpreendido na entrada da cidade, perde 10 homens. Ilya vai atrás de reforços.

Flechas incandescentes.

Naomi conjura um Touro Negro na praça central. Nahuapy se esconde na Casa de Guarda.

Carga na cidade. 72 mortos.

Naomi e Kalunga se dirigem com um grupo pra igreja.

Total de 670 mortos.

4157 homens.

Os líderes da cidade fogem por uma passagem secreta.

Há um desabamento na cidade.

◊ ◊ ◊

37ª Sessão – A Metrópole Contra-Ataca

Anotações preliminares:

Cuélap: 700.

Floresta: 559.

Cerro de Pasco: 6440.

Centro: 367. Ataque a Oropesa.

Sul: 650. Ficam quietos.

Ayacucho: 641. Ataca Ayacucho e Abancay.

Vale Sagrado: 631. Ataca Vilcabamba e Ollantaytambo.

Costa: 115. Ficam quietos.

♦ 16 de novembro a 23 de dezembro de 1654

Colocam a cidade de Cerro de Pasco em ordem. Montam postos de vigília e armadilhas. Encontram 4 feiticeiros.

Rocha e Kalunga foram investigar Alcazar. Segue uma força de 100 cavaleiros, 400 soldados de infantaria e 800 escravos.

Pierre sai em busca de Armand.

[Nota do Mestre: a ideia era que Armand conseguisse juntar os piratas e formar um braço marítimo da rebelião. Apesar das forças serem numericamente inferiores, só o grupo inicial de Cuélap foi bem treinado. Uma pequena parcela dos que se juntam são enviados pra lá para treinamento. Pra não falar na limitação de armas e munição.]

♦ 24 de dezembro de 1654 a 1º de janeiro de 1655

Destinam 150 guerreiros médios para emboscada a um dia da cidade. Rocha e Kalunga vão junto. Baixa de 120 homens. Os castellanos perderam 13 cavalos, 66 soldados e 104 escravos.

♦ 2 de janeiro

Paulo e Kalunga dão a volta com 73 homens pra surpreender pela retaguarda.

Alcazar segue com Gru e os outros 75 pela frente.

Rocha comanda grupo de 200 atiradores.

Os soldados enviaram grupos de 30 para cercar os flancos. Um deles avista o grupo liderado por Rocha. Baixa de 21 e os castellanos são dizimados.

Do outro lado, o grupo ataca primeiro e mata 27. Os outros três saem correndo de volta para a tropa.

Depois vem o ataque. Os soldados são dizimados, mas os rebeldes sofrem 307 baixas. 21 cavalos fogem, restando 55 em posse do grupo. Muitos escravos também se juntam aos rebeldes, 261.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://cheibub.wordpress.com/2016/04/10/35a-a-37a-sessao-guerra-total/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. […] 35ª a 37ª Sessão – Guerra Total (anotações de jogo) […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: