TRIBOS DO COLLASUYO

Collasuyo é o nome dado à região sul do Império do Sol, na qual viviam diversas tribos incorporadas pelos Incas, antes da chegada dos Castelhanos. Tal fato as diferencia dos Patagões, dos Mapuches e das outras tribos do Chaco. Em que pese diversas diferenças regionais e práticas culturais arraigadas, prevalece entre elas o culto ao sol, bem como aldeias com construções típicas do Império do Sol. A Confederação Diaguita é a mais importante delas, pois ocupam Tucumán e Nova Extremadura. Por isso, os Diaguitas são abordados de forma destacada. As demais aqui reunidas ocupam áreas limítrofes de Nova Castela e ajudam a compor a ambientação.

ATACAMEÑOS

Habitam o Deserto do Atacama, que se estende pela costa sul do Vice-Reino de Nova Castela até o vale do Copiapó, em Nova Extremadura. Sua cultura existe desde os anos 500. Foram conquistados pelo Império do Sol, que lhes impôs uma nova religião, o culto ao Sol, introduzindo as folhas de coca nos rituais. Os Incas os fizeram construir os caminhos que ligam o deserto até a vertente oriental da cordilheira. Defendiam seus povoados com muralhas de rochas, a púcara.  Os povoados eram construídos juntos a oásis, havendo pelo menos 10 aldeias quando os Castelhanos chegaram.

Falam o idioma Kunza. É o primeiro povo a trabalhar o cobre extraído da mina de Chuquicamata. O ouro é extraído de Incahuasi. Criam lhamas e alpacas e obtêm boas colheitas, considerando a escassez de água. Plantam produtos semelhantes aos dos Diaguitas e usam o guano como fertilizante. Conseguem pescados e mariscos com os Changos. Desenvolvem bem a arte da cerâmica.

As cerimônias religiosas eram regadas de alucinógenos, por meio dos quais inalavam o poder de aves, felinos e serpentes. A partir do domínio Inca, aderem também ao culto ao Sol. Creem em vários deuses, que habitam o vulcão sagrado Licancabur.

Personagens Atacameños

Os personagens sem magia seguem o padrão dos índios andinos. Os feiticeiros seguem a regra para Feiticeiros Indígenas. Os líderes espirituais seguem a lista de encantos do Sacerdote do Sol, mas sem os encantos Criar nevoeiro, Olhos D’Água e Pururauca.

Lista de Encantos: Adivinhação; Aura; Barreira astral; Chama solar; Controlar animais; Cura; Desviar ataques; Detectar magia; Espada astral; Exorcismo; Levitar; Luz Solar, Metamorfose Divina; Percepção de inimigos; Percepção de Magia; Raízes; Relâmpago; Remover magia; Viagem astral; Visão astral; Ventania; Vigor.

CHANGOS

Habitam a faixa litorânea correspondente ao deserto do Atacama. São nômades, percorrendo o litoral em busca do melhor local para pescar, montando seus toldos de couro de foca ou lobo marinho. Dedicam-se à pesca com balsas feitas de pele de lobo marinho. Usam arpão de osso amarrado a uma corda de couro. Mantêm relações comerciais com os Atacameños, antes e depois do domínio incaico. Com a escassez de água, bebem sangue de lobo marinho. Usam bolsas de pescado salgado para trocar por frutas e bebidas com outras etnias. São extintos por aculturação no século XIX.

Personagens Changos

Os personagens sem magia seguem o padrão dos índios andinos. Os feiticeiros seguem a regra para Feiticeiros Indígenas. Os líderes espirituais seguem a lista de encantos do Sacerdote do Sol, mas sem os encantos Luz Solar, Pururauca e Raízes.

Lista de Encantos: Adivinhação; Aura; Barreira astral; Chama solar; Controlar animais; Criar nevoeiro; Cura; Desviar ataques; Detectar magia; Espada astral; Exorcismo; Levitar; Metamorfose Divina; Olhos D’Água; Percepção de inimigos; Percepção de Magia; Relâmpago; Remover magia; Viagem astral; Visão astral; Ventania; Vigor.

KOLLAS

Habitam o sul do Atacama, as cercanias de San Salvador de Jujuy, a Quebrada de Humahuaca e parte dos vales Calchaquís. Têm origem na mestiçagem entre índios do Altiplano deslocados pelo Império do Sol para esta região como mitimaes. Portanto, são os índios urbanos da região que adotaram, por origem ou mestiçagem, os costumes do Império do Sol. Falam quéchua e aymará. Com o tempo, sofrem processo de catequização.

Personagens Kollas

Os personagens sem magia seguem o padrão dos índios andinos. Os feiticeiros seguem a regra para Feiticeiros Indígenas. Os líderes espirituais seguem a lista de encantos do Sacerdote do Sol, mas sem o encanto Pururauca.

Lista de Encantos: Adivinhação; Aura; Barreira astral; Chama solar; Controlar animais; Criar nevoeiro; Cura; Desviar ataques; Detectar magia; Espada astral; Exorcismo; Levitar; Luz Solar; Metamorfose Divina; Olhos D’Água; Percepção de inimigos; Percepção de Magia; Raízes; Relâmpago; Remover magia; Viagem astral; Visão astral; Ventania; Vigor.

ARUAQUES

Foram os primeiros nativos do Novo Mundo a travarem contato com o colonizador branco. Vivem espalhados pelas ilhas do Caribe, Antilhas e Bahamas, toda a região norte de Santa Cruz, grande floresta e contrafortes andinos. O que importa para esta parte do jogo é que este último grupo foi completamente assimilado pelo Império do Sol. Dessa etnia fazem parte os Moxos e os Chanés, que habitam os contrafortes andinos. Os Chanés, antes da chegada dos Castelhanos, foram escravizados pelos Guaranis. Os Moxos combateram junto aos Chanés, mas acabaram sofrendo muitas perdas também. Quando os Jesuítas chegaram ao Chaco Boreal, os Moxos se transformaram em um dos mais bem sucedidos grupos de missões.

Personagens Aruaques

Os personagens sem magia seguem o padrão dos índios andinos. Os feiticeiros seguem a regra para Feiticeiros Indígenas. Os líderes espirituais seguem a lista híbrida do Sacerdote do Sol com os xamãs da selva.

Lista de Encantos: Adivinhação; Aura; Barreira astral; Camuflagem; Chama solar; Controlar animais; Criar ilusão; Criar nevoeiro; Cura; Dardos de pedra; Desviar ataques; Detectar magia; Elo mental com animais; Espada astral; Exorcismo; Levitar; Metamorfose; Percepção de inimigos; Raízes; Relâmpago; Remover magia; Viagem astral; Visão astral; Ventania; Vigor.

 

Anúncios
Published in: on 20 de setembro de 2016 at 18:13  Deixe um comentário