ITENS MÁGICOS

Arco de Elal

Lenda: Elal, o criador dos Aonikénk, possuía um arco cujas flechas, ao caírem na água, criavam pequenas ilhas. Segundo a lenda, após sua morte, o arco de Elal permaneceu na terra dos vivos.

Descrição: grande arco adornado com penas e madeira talhada. A magia está no arco, não nas flechas. Entretanto, quando manuseada por um humano comum, gera ilhotas temporárias, que duram apenas uma noite. É necessária Força acima de 15 para manuseá-lo apropriadamente. Mas o arco encontra-se perdido há séculos e ninguém até o momento pôde comprovar se a lenda é verdadeira.

Coração de San Roque Gonzalez

Lenda: após ser assassinado, o padre Roque Gonzalez foi queimado junto com as outras vítimas do cacique Ñezú. Entretanto, seu coração permaneceu intacto e foi retirado das cinzas.

Descrição: um coração humano, perfeitamente preservado, que não se deteriora. Quem possuir ou o lugar que abrigar o coração de San Roque Gonzalez fica imune ao fogo. Aqueles que resgataram o coração das cinzas, após comprovar o seu poder, enviaram-no ao Papa. Porém, o coração tem outro poder difícil de ser identificado. Aquele que tiver sua posse não morrerá de causas naturais.

Machado de Ñezú

Lenda: não há lenda em relação ao machado. Provavelmente o próprio cacique desconhecia o seu efeito mágico.

Descrição: o machado que vitimou o San Roque Gonzalez pertencia ao cacique guarani Ñezú. O ferimento provocado por sua lâmina não pode ser curado por magia. Considerado um item perigoso e demoníaco, o machado encontra-se guardado em Roma. A Igreja mantém segredo sobre sua existência.

Pillañtoqui

Lenda: para salvar a tribo de algum perigo, Ngenechén faz descer dos céus um machado milagroso, capaz de cortar uma árvore em um só golpe.

Descrição: o Machado de Ngenechén pode ser conjurado nas mãos de um Machi ou de um Toqui por meio das orações de toda uma tribo que se encontre em perigo. Aquele que o empunhar deverá usar sua própria habilidade de luta. Caso o machado caia de sua mão ou lhe seja retirado, ele desaparecerá. Dano: 3d6 + 4.

Anúncios
Published in: on 22 de setembro de 2016 at 19:04  Deixe um comentário