Vilas do Vale do Paraitinga

Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá

Quando os colonos chegaram nessa região do vale do Paraíba, a paisagem era tomada por garças brancas. O povoado prosperou até tornar-se vila em 1651 e, de repente, se viu no meio do caminho entre Paratiy e as lavras de ouro dos Campos dos Catagúas.

Arraial de Guapacaré

Porto fluvial de onde saem expedições de bandeirantes rumo ao vale do rio Paraitinga ou às minas. Situado na freguesia de Guaratinguetá, o povoado é habitado por cerca de cem pessoas da mesma família.

Vila de São Francisco das Chagas de Tabaybaté

O nome da vila foi tomado de uma aldeia que ficava no local, às margens do Paraitinga. A fundação da vila foi uma iniciativa da Capitania de Itanhaém para ocupar o vale. A partir de Tabaybaté, outros povoados tiveram origem, como Nossa Senhora do Bom Sucesso de Pindamonhangaba, em 1643, descendo o rio. Recebendo foral de vila em 1645, de lá partiram expedições para a região das minas.

Após a descoberta do ouro, Tabaybaté passou a ser a mais importante vila da capitania. Nela está instalada a Casa dos Quintos, responsável pela taxação da quinta parte de (supostamente) todo o ouro encontrado nas minas, e a Casa de Fundição, a partir de 1697, com o objetivo de combater a sonegação e legalizar o valioso metal. Todos os caminhos que saem das minas devem passar pela vila. Mesmo aqueles que descem do nordeste pelo rio São Francisco devem, primeiro, seguir para Tabaybaté, o que raramente ocorre na prática. Da vila também partem os produtos direcionados aos arraiais de mineração, tornando o vale do Paraitinga uma rota altamente lucrativa e disputada.

Embora severamente vigiado, claro que há sonegação. As barretas de ouro são cunhadas a martelo, o que facilita cunhos falsos. A Coroa determinou que uma máquina de cunhar fosse levada a Tabaybaté, mas ela se encontra parada em Paratiy, pois seu peso e as condições do caminho até o vale impedem o transporte. O governador de São Sebastião, que já havia logrado que seu porto servisse como ponte exclusiva de tudo que saísse ou entrasse pelo porto de Paratiy, faz tratativas para que a fundição, então, ocorra na cidade.

Arraial de São José da Pindamonhangaba

Fundado por dois irmãos bandeirantes em 1672, sob os auspícios da Condessa de Vimieiro. Uma capela dedicada a São José foi erguida no alto da colina.

Vila de Nossa Senhora da Conceição de Paraitinga

O povoamento às margens do rio Paraitinga teve início em 1652, chegando à vila no ano seguinte. Localizada entre Tabaybaté e Sant’Ana de Mogimirim, a vila serve de pouso aos viajantes a caminho das minas. Próximo da vila se encontra a Aldeia de São José, administrada pelos Jesuítas, que é composta por uma vasta fazenda.

Anúncios
Published in: on 11 de janeiro de 2019 at 1:35  Deixe um comentário